Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ontem de noite

De noite, como é quente a água do mar
Como é gostoso o teu carinho, a me calar
Lindo é teu jeitinho de me namorar!

Não sabemos ao certo, onde vamos parar
Sei que corro rápido para te alcançar
Teu corpo banhado de lua
Teu corpo banhado de mar!
 
Como sabemos?Não sabemos em ponto namorar
Mas, sigamos nossos próprios sonhos
Nossas próprias metas
Pois ninguém há de ensinar!

Como é frio quando a brisa leve
Bate no teu corpinho molhado
Mas, cessemos ófrio num longo abraço
Para a eternidade, como destinaremo-nos...

Nossos trocos, nossas roupas
Nossas caras, nossas bocas!
Estão molhados e salgados
E antes de dormir, já sonhamos...

Vamos amor, e como é linda a noite aqui...
Digo isso de teus olhos, e diz:
Tu não perdes uma chance, meu amor
Eu perco se te deixo infeliz.

Então, diz no meu ouvido, o quanto sou malandro
Quando sou, é tímido demais...
Retruca ti, sou é tímido, amor, tímido.

Ainda perguntaste, por que eu sou tão feliz!
Por que eu canto do levantar
Até o quente da minha cama
Eu disse: Meu amor, é por que você me ama.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 05/09/2006
Código do texto: T233005

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98444 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:35)
Andrié Silva