Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quando Olho Na Janela.

Olho na janela,
Vejo fogo flamejante,
Pinto à aquarela,
O luzir do teu semblante.
Quando olho nela,
É um desejo tão distante;
A vida é um barco à vela,
Que navega tão errante.
É como a Cinderela
Que dançou principiante,
Entrou na passarela
E saiu tão elegante;
Seu príncipe atrás dela,
Que fugiu no mesmo instante.
Desejo está nela,
Mas no mesmo instante,
É impossível tê-la,
No meu mundo tão hesitante.
Tua vida é uma novela
E a minha é militante.
Mesmo toda aquela
Alegria contagiante.
Eu não posso tê-la
Em meu mundo diferente.

J.Carlos S.Leite.
Jocca Zêmiph
Enviado por Jocca Zêmiph em 05/09/2006
Código do texto: T233461

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Jocca Zêmiph
Recife - Pernambuco - Brasil, 34 anos
76 textos (10267 leituras)
1 e-livros (30 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:58)
Jocca Zêmiph