Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A lenda do mar de Amor

HerLânder Lobão


Um grande amor

que sem tempo neste mundo

vivia um amor profundo

nas profundezas do mar…

Conta-se de um tempo antigo

tão antigo como o tempo

que em determinado momento

um imenso mar secou.

Diz a lenda que... por dor

ao ver um tão grande amor

que o tempo, tempo negou

Então o mar virou deserto.

e cantou esse amor ao vento

num calor abrasador

que emanava do peito

de um casal, o mais perfeito

para viver o amor…

Nas dunas soprava o vento

querendo dar alimento

a essa história de amor

e as nuvens que iam passando

uma a uma se agrupando

começavam a chorar

e nesse chorar a contar

o deserto ia guardando

a sensibilidade chorando

e começou a semear.

Um belo dia

algo especial aconteceu

despontou vida, alegria

e um oásis nasceu.

Na luxuriante vegetação

em forma de coração

um regato serpenteava

tão azul quanto era o mar

só que agora ao provar

os lábios dulcificava

benta e doce a sua água

Quando o sol

por trás das dunas

parecia querer sumir

nesse dia até parecia

ver-se o deserto a sorrir.

E ao amanhecer do dia

no seu calor abrasador

deu ao vento a conhecer

os frutos daquele amor

Correndo as dunas o vento

em súplica e chamamento

começou logo a soprar

e tanto soprou, chamou

tanto e tanto insistiu

que do regato surgiu

o casal apaixonado.

O tempo

achando-o merecedor

deu tempo ao grande amor

e um local encantado...

Hoje há quem jure ter visto

o oásis e o casal

mas o deserto, isso previsto

fez crer ser o mal do sol

Alucinação? Nem tanto assim...

o deserto, amor sem fim

a uns poucos vai mostrando

deixa-os olhar, sonhando

para que possam contar

mas o local não revelando

Não sei…

Não sei como se termina

Uma história sem fim

Mas como a pena que assina

Faz em todo parte de mim

Direi que…

já que a pena mo consente

que foram muito felizes

enamorados p´ra sempre…



HerLânder Lobão

2006-08-02



Edvaldo Rosa
Enviado por Edvaldo Rosa em 05/09/2006
Reeditado em 14/05/2007
Código do texto: T233481
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Edvaldo Rosa www.sacpaixao.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
Edvaldo Rosa
São Paulo - São Paulo - Brasil, 55 anos
1727 textos (173664 leituras)
23 áudios (10645 audições)
35 e-livros (8977 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:50)
Edvaldo Rosa

Site do Escritor