Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Seu Olhar, Seus Olhos

Não sei porque seu olhar tem tanta luz.
Nessa minha escuridão,
ilumina o meu viver.
                                                     
Não sei porque ele sempre me seduz,
nele eu vejo um clarão
no qual consigo me aquecer.

Eu sei porque seus olhos são a nossa voz
e sei porque eles se parecem com faróis:
me iluminaram um dia, cego eu ia,
não havia sóis.

Eu sei da luz que eles trazem para mim,
eu sei porque eles me olham tanto assim:
com eles tudo achei e, então, deixei
pra eles o meu fim.


Rio, 06/11/1976


                                                                         
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 06/09/2006
Reeditado em 06/09/2006
Código do texto: T233779

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144473 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:19)