Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


NO PRINCÍPIO JURAS DE AMOR ETERNO 

CONSTRUÍ UM CASTELO DE SONHOS 

SOBRE AS NUVENS 

CLAREADO PELA LUZ DA LUA 

ADORNADO PELAS ESTRELAS 

SENTAVA NO TRONO DE MEU CORAÇÃO 

SE ALIMENTA DA MINHA PAIXÃO 

BEBIA DO MEU SANGUE 

ÀS VEZES QUASE EXANGUE 

NADA NEGAVA, A QUERIA FELIZ 

ASSIM VIVEMOS ATÉ O DIA DA PARTIDA 

O DIA QUE QUASE ACABOU COM MINHA VIDA 

ANTES DE SAIR AINDA NADOU NA 

PISCINA DE MINHAS LÁGRIMAS 

QUE JORRAVAM QUAL FONTE ABUPTA 

MAS ESTAVA RESOLUTA 

MEU CORAÇÃO SE TORNOU UM DESERTO 

SECO E ÁRIDO, BEM SABE, POR CERTO 

NELE NADA MAIS PODERIA VEGETAR, ECLODIR 

SOFRER ERA A ÚNICA COISA A SENTIR 

A DOR ME INVADIU ATROZ 

MAIS LÁGRIMAS... 

TINHA DE ESQUECER MEU TERRÍVEL ALGOZ 

COM O TEMPO A MÁGOA AMAINOU 

JUNTEI AS LÁGRIMAS À TERRA ESCALDANTE 

DO DESERTO E AÍ MINHA NINFETA 

DE BARRO CONSTRUÍ U'A MULETA 

HOJE ANDRAJO PELOS CAMINHOS DA VIDA 

ME APOIO NO QUE RESTOU DO NOSSO AMOR 

VOCE SE FOI, MAS JÁ NEM SINTO TANTA DOR
GDaun
Enviado por GDaun em 08/09/2006
Código do texto: T235296

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GDaun
Lupércio - São Paulo - Brasil, 72 anos
653 textos (42997 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 11:01)
GDaun