Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Se nos abraçarmos forte

Esquece tudo que aprendeu
Tudo isso não tem agora importância
A estrada nos espera
O sonho quer os nossos passos
E devemos ter coragem
Para nos despir profundamente...

Esquece o medo que te impuseram
Esquece as referências que te deram
Precisamos ser leves como as folhas
E sem âncoras como os pássaros
Vamos
Podemos vencer o desconhecido
E sermos mais felizes...

Esquece as coisas que te prendem
Os teus desejos são melhores
No fundo do teu ser
Eu sei que você não está bem
Eu senti tristeza na tua voz
E isso fez parar meu sangue
Porque eu sou tu
E senti a tua alma chorar...

Esquece tudo
Podemos ser livres como nunca
Podemos salvar ainda as nossas vidas
E dizer a nós mesmos que somos vencedores
Vamos, esquece,
Não precisamos de nada disso,
Vamos inventar um outro modelo de vida,
Onde não precisaremos dizer
O que não queremos
Onde o silencio será uma linguagem
Compreensível...

Vamos, esquece tudo que aprendeste
Esquece tudo que te fizeram
Esquece o tempo passado
Esquece tudo
Pois nada disso tem importância
Podemos nos conciliar,
Podemos anular o desespero
Que se esconde por trás de nossos sorrisos,

Sim,
Se nos abraçarmos,
Se nos abraçarmos forte
Podemos esquecer
Até mesmo a dor,
A dor silenciosa que nos devora,
Se nos abraçarmos fortes entre essas cinzas
Pode se compenetrar o Amor
E fundir para sempre nossas almas...
Sebastião Alves da Silva
Enviado por Sebastião Alves da Silva em 08/09/2006
Reeditado em 10/09/2006
Código do texto: T235513
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Sebastião Alves da Silva
Imperatriz - Maranhão - Brasil
687 textos (27270 leituras)
2 áudios (87 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:13)
Sebastião Alves da Silva