Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NADA MAIS DO QUE SONHOS

Quase sempre,existem sonhos
que chegam sem qualquer aviso,
e mesmo que não se queira,
eles abraçam,e acabam
gerando conflitos para os que são sentenciados...

E assim, depois de instalados,
geralmente permanecem encostados sem limite de tempo,
apenas para fazer chegar
ao seu destino,
sofridas lembranças.

Outras vezes, passam
com a rapidez de uma flecha,
ou com a velocidade das
águas do rio que não sabem
onde vão cair.

Não adianta mais alimentar
novas esperanças, quando
os sonhos foram desfeitos...

Não aianta mais procurar
uma norma para reconciliar nossos corações,
não adianta mais dizer para nós mesmos que tudo terá acerto.

Fomos tão rudes em nossos procedimentos,
que terminamos sufocados
na suavidade de todas as estações do ano,
vidas que murcharam antes do tempo...

Agora, vivemos na frialdade do esquecimento, não na estação das flores, mas em um rigoroso e persistente inverno.

Vidas no espaço do nada,
visões convivendo lado a lado,
apenas para lembrar
o que restou de uma história de amor.


 

 
 





 


















Wil
Enviado por Wil em 08/09/2006
Código do texto: T235729
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2616 textos (84556 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:18)
Wil