Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor silencioso...

Amor silencioso...
(autor : Ederval Andrade da Silva (Edpoeta))
 
Sabe amor...
Feche os olhos
E sinta a leve brisa tocar o teu rosto,
Acariciando tua pele.
É a mesma brisa que faz cair as folhas no outono,
E traz consigo o perfume suave da primavera.
É o tempo que não para
Passando diante de nós.
E com os teus olhos ainda fechados
Sinta esta mesma brisa
Tocando teu rosto, como num beijo de amor.
O beijo que te envio por pensamentos,
Conduzido pelo aroma das rosas da primavera,
Pelo calor envolvente do verão,
No cair das folhas de outono,
No arrepio frio do inverno.
Quando fico a pensar em ti,
O desejo de falar-te me invade,
Mas eu apenas escrevo, é assim que me sinto,
Bem mais perto de ti,
Independente das estações,
Da distância que existe entre nós.
A nossa proximidade é tão grande
Que chego ao cúmulo de ouvir,
Ouvir a pulsação de um coração,
Cheio de emoção,
Uma emoção carregada de saudade,
E consigo acreditar nestas horas,
Que é melhor se entregar à ilusão de te sentir aqui,
Tão próxima de mim, mesmo que não sendo realmente.
E todos os dias assim estou eu.
Sem que você realmente note,
Estou ao teu lado, contigo sempre que você precisar,
Tudo bem amor... tu não me ouves eu sei,
Meus sussuros e súplicas ecoam em vão pelo espaço,
Por você, meus gritos de silêncio
Ensurdecem o ambiente a minha volta.
Em cada letra, cada palavra, cada verso escrito
É para você !
E é desta maneira, que silenciosamente
Vivo este amor tão calado e solitário,
Na espera de que um dia descubras
Que tudo que escrevo é por amor !
Edpoeta
Enviado por Edpoeta em 09/09/2006
Código do texto: T236015
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Edpoeta
São Vicente - São Paulo - Brasil, 46 anos
80 textos (7407 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:49)
Edpoeta