Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Plenitude

Plenitude

Eu não sei se é para sempre ou se finda com essa noite, mas eu estou aqui,inteiro, todo para você, sem máscaras, sem dublé, sem representações.
Somos nós dois e a lua nesse chão de areia com teto de estrelas e música de mar.
Cenário perfeito para o amor, para o pleno exercício da arte de amar.
Nos despimos da razão e rasgamos a sensatez.
O passado foi embora com os últimos raios de sol, talvez retorne amanhã com a luz...
O Futuro é um castelo de cristal ainda se formando por gotas de orvalho, no momento apenas uma longínqua construção.
Sua boca, gêmea da minha, demonstra ser das duas a melhor parte, tal a avidez e a sede que minha lingua mostra ao percorre-la e reconhece-la.
Nossas mãos cruzam meridianos e exploram sôfregas nossos elétricos corpos.
Há uma energia caótica harmonizando-se no ar, prenúncio de plenitude.
O vento oscila entre nós como se desejasse compartilhar conosco essa mágica intimidade.
As ondas espumam cada vez mais longe, querendo se aproximar e nos tocar, nos cobrir, lavar nossas incertezas e purificar nosso eterno instante.
Tudo é tão inédito e explosivo como uma erupção, mas no fundo existe a certeza de que o vulcão sempre existiu, apenas estava adormecido, em mim, em você, em nós.
Não existem limites entre nós, nem área que não tenha sido mapeada e meticulosamente reconhecida através de todos os sentidos, somos um, com a deliciosa diversidade de duas partes absolutamente complementares que quando
misticamente reunidas são perfeitas.
Não há o que mudar, exploramos todo o Nirvana e passeamos ao longo do Olimpo, alheios aos sentimentos dos deuses e indiferentes as suas bençãos ou maldições.
Vivemos o pleno êxtase, a busca de toda uma vida ou várias e enchemos o universo de luz.
Esta nasce dos seus olhos, do seu sorriso, de nossas almas e inunda de cor o céu que nos protegeu e guardou ao longo destas horas ....
Temos que ir sem saber se retornaremos , a pausa que o universo nos concedeu acabou, a partir deste momento está encantada e eternizada em nós.
A vida retoma seu rumo natural e a razão aparece em matizes de vermelho no horizonte, traz consigo o passado e nossas vidas mundanas.
Agora é conosco, precisamos saber resgatar nossas essências ou nos condenarmos a sobreviver com personas funcionais que souberam por algumas horas o verdadeiro sentido de viver.

Leonardo Andrade
Leonardo Andrade
Enviado por Leonardo Andrade em 09/09/2006
Código do texto: T236316

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (citar o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leonardo Andrade
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
1568 textos (71179 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:35)
Leonardo Andrade