Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Almos sussurros

Almos sussurros

Minh’alma acordou sedenta dos teus almos toques,
nesta manhã que tanta esperança nutre e floresce,
e florescendo me rejuvenesce ao tempo de buquês
enfiand’as tuas nas minhas mãos que faziam prece!

Trouxe o desejo enorme de t'afagar,uma saudade,
nostálgica saudade falando nossa canção,só nossa,
num sopro sublime que deflora e toda alma invade
por inteiro,até onde o meu pensar amoroso te caça!

Toca-me! Diz a alma minha devoradora do passado
e que doce tristeza no candor de sua voz ansiosa
para brotarem beijos nossas almas se acoplando,
sumo matrimônio do dia e noite, quietude e prosa!

Louca saudade carrega pela brisa meus sussurros
ao destino preciso,sabe minha alma teu paradeiro,
segue rumo de um coração que me rouba suspiros,
noite clara,dia negro, mesmo o sonho passageiro!

Santos-SP-09/09/2006
Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 09/09/2006
Código do texto: T236560
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 16:32)
Inês Marucci