Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
nos braços de um anjo


ele era de ninguém
achado no meio da rua em meio ás suas psicoses ambulantes
ele não tinha com quem conversar
ele foi expulso de sua casa
e ela sequer sabia metade do que aquele garoto é

ele dirigiu sem ver
ele se embriagou demais por coisas tão estúpidas
ele não quis mais falar em nada disso
ele não quis relembrar aquela noite passada
muito menos aquele passado que lhe levou a isso.

sem coração e sem mágoa aparentemente
ele caiu em braços errados
braços da rua
do lixo, do pó e da esfera cruel
e no quente de sua casa ele encontrou um anjo a lhe esperar

não tenho você aqui comigo do meu lado, anjo Clau
não tenho o cheiro doce da tua pele

fotografias escuras
manchas em meu caráter assim tão legal de antes
eu não queria que você se maculasse assim perto de mim
me deixe só e não se contamine comigo
ai, mas isso não seria fácil de dizer e crer
você é muito especial pra mim
presente de deuses ocultos e serenos
meu pequeno dialeto quando eu falo em língua de amor puro!

você nunca mentiu pra mim
nunca me esnobou ou me enviou um “não”
nunca me traiu ou titubeou em me ver
nunca me disse algo ruim
por isso você tem créditos comigo
pode errar quanto você quiser que serás perdoada, meu anjo eterno!

sou um livro de páginas amassadas
você é o meu anjo que vem e me liberta
sou alguém tão seco e banal
você é a seiva de minha flor que já não existe mais em mim
sou tão pecaminoso e impuro
você também pode até ser assim tão sedutora de amor
mas consegue fazer sua breve santidade humana se sobressair nessas

dirigir com você
delirar com você
deitar com você
transar com você
comer seus olhos e sua boca de paixão
deitar com você e não levantar jamais
comer com você na minha frente
rir loucamente e se drogar nessa sua aura tão grande
ter você por 3 dias,
-pouco, mas aceito se você só assim puder-
ter você por 3 dias e fazer de tudo uma grande eternidade

me beije e me de o gosto do mais azul de todos os mares
sobre em minha face e me deixe sentir seu hálito saudável
me abrace como um filho e diga que me ama como homem, amor
posso ser teu Sol muito mais iluminado do que você imagina
meu eterno anjo da guarda
obrigado por essa noite
nunca cairás em quedas como as minhas...
teus braços são moldados a ouro
te quero tanto a ponto de te dominar nesse amor...






Rônaldy Lemos
Enviado por Rônaldy Lemos em 11/09/2006
Código do texto: T237332
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rônaldy Lemos
Florianópolis - Santa Catarina - Brasil, 34 anos
1173 textos (70519 leituras)
70 áudios (455 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:27)
Rônaldy Lemos