Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMORES INVENTADOS


Quem inventou o amor foi
e não voltou
está por aí
nos braços da flor
fabricando perfumes...

Quem inventou o amor
descobriu o vazio
dentro do frio
e o encheu
de ciúmes...

Quem inventou o amor
fez-se mudo ao instante
e deu a ela
o último
brilhante...

Quem inventou o amor
inventou a canção
que se canta
sorrindo
ou
não...

Quem inventou o amor
sumiu-se dentro dele
fez-se ausente e presente
e no mesmo de repente
se revelou.















Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 11/09/2006
Código do texto: T237722

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6765 textos (102453 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 20:44)