Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NAMORADOS

Sob o claro dos raios da lua
Há mãos que afagam mãos,
Olhos contemplam o mar,
Bocas conjugam o verbo amar.

Sussurros, risos, juras e desejos,
Beijos estalam como brasas.
O céu se abre em estrelas
Para deleite dos apaixonados

Quentes pelo sol do amor
Que ilumina os seus dias.
Olham a vida através do coração
Como uma flor através da vidraça.

Os relógios são sem ponteiros,
Por que contar o tempo?
Que se façam eternas as madrugadas,
E a última estrela fique no firmamento

Tremeluzindo enquanto num abraço,
As mãos ficam úmidas, perdidas,
Percorrendo os corpos sem receio.
A paixão cresce como se fosse

A apoteose do bolero de Ravel,
E as almas brilham em êxtase
Como pirilampos num jardim
Na noite do Dia dos Namorados.

10/06/05.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 10/06/2005
Código do texto: T23805

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343267 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 00:16)
Maria Hilda de Jesus Alão