Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

OS PÁSSAROS NÃO CANTAM MAIS...

Saudade tenho eu, do meu passado
Pobre de histórias
E até um tanto desgarrado
Aurora dos dias de maldição
Daquele menino
Entregue a sorte e a solidão

Não olhava as flores
Nem tão pouco, percebia os vendavais
É que tudo me induzia a dissabores
Sem carinho e tão perverso
Poderia confundir-me
Ao mais banal dos animais

Chorava um coração sangrado
Comia o próprio fel
E vomitava ao vento
Um sono frágil e desorientado
Meu grito
Minha dor e meu tormento

Tão triste
Que nem a morte ao meu enterro apareceu
E a dança fúnebre, também ficou pra trás
Não ouvi o vento, o sol não nasceu
E ali naquela vida
Os pássaros não cantam mais
O Guardião
Enviado por O Guardião em 12/09/2006
Reeditado em 08/05/2007
Código do texto: T238224
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
O Guardião
São Paulo - São Paulo - Brasil, 51 anos
364 textos (34442 leituras)
13 áudios (2409 audições)
2 e-livros (1988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 04:21)
O Guardião