Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FRAGMENTOS


Quando você... para... por alguns momentos
E se pergunta... por onde ando... por onde vou
E imagina... o que posso estar fazendo
Se ainda vivo... tua solidão
Se desejo... teu desejo
Se teu calor... é meu calor
Se por ti ... sonho acordado
Sei que nossas almas estão algemadas.
Algemadas pelo mesmo fuso da paixão.
Mas... se a fantasia... se fizer realidade
E minha língua... acariciar tua carne
E você acordar... com a luz dos meu olhos
Poderíamos ver a alma um do outro
Ver e sentir...
Sentir o mundo girando... girando
Na roda gigante onde gira coração.
A felicidade será eterna companheira
Libertando e dominando medo e razão
Uma felicidade tão soberanamente intensa
Que tão soberana... não mais será sonho
Será realidade
Uma vigorosa realidade de percepção plena.
Não se sinta prisioneira... do ardor desse sonho
Imagine... voe um pouco mais além
Pois você estará... fazendo... sentindo... comigo
Tudo o que sempre desejou
Desejou... e nunca viveu.
Agora feche os olhos
Feche os olhos... e escute uma canção
Experimente bailar... bailar ao ritmo da melodia
Pouco a pouco...  ganhará vida própria
Indomável lufada em ondas febril
Tingindo a flor da pele... com espumas perfumadas
Borbulhantes... espumas de profunda excitação
Onde você se aninha... e vê segura
E liberta para o vôo da imaginação
Imaginação que dá asas aos sentidos
Conduz para a mais luxuriante fantasia
Para a mais íntima e suplicante carícia
Aquela que lhe dá mais prazer
Que faz sua carne vibrar... delirar de excitação
Pois tudo é êxtase de um mundo real
Onde você sente... sente e vive
O que sempre sonhou... e desejou sentir e viver.
Comigo...também é assim
Quando dou asas a imaginação.
Antonio Virgilio Andrade
Enviado por Antonio Virgilio Andrade em 12/09/2006
Código do texto: T238311
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Virgilio Andrade
Riacho Fundo - Distrito Federal - Brasil
152 textos (16228 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:51)
Antonio Virgilio Andrade