Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

CORAÇÃO DE PEDRA

Tanto bate até que fura
O rochedo
Já dura
Mais do que a pura
Água
Que o acossa
Pelos flancos
Pelas costas
Uma camisa
De aço
Uma gravata de silício
Nos olhos um precipício
No bolso um maço
Um colete à prova
Tanto bate até que fura
Nada é mais mole
Do que a ternura
Tanto fala
Até que escuta
Tanto bate
A pergunta
Até que entra no ouvido
Um tanque de antiga guerra
Uma máquina que emperra
O coração
Tanto arde até que queima
Quem empaca teima
Tanto existe até que é
Um homem uma mulher
Tanta bonita canção
Mais vale um sangrando
Do que um seco
Martini
Com azeitona.







Preto Moreno
Enviado por Preto Moreno em 12/09/2006
Reeditado em 12/09/2006
Código do texto: T238546

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Orivaldo Grandizoli). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Preto Moreno
São José do Rio Preto - São Paulo - Brasil
6777 textos (102518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:41)