Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Esvoaçando Esvoaçante!


Esvoaçando, Esvoaçante!


Sem saber como, nem porquê
esvoaçante, esvoaçou, na minha vida.
Entrou, sem pedir licença,
não digo pela janela,
pois havia uma tela.

Mas, mesmo assim entrou!..
Entrou e veio para ficar,
sem eu de nada saber,
nem suspeitar,
que essa borboleta linda e querida,
chamada amor ,fazia parte da minha vida!..

Agora, reluto e penso.
Não penso. Deixo a vida correr,
em desalinho, atropelando o meu viver,
cada dia mais esperançado,
na força desse amor
que me embala,
como asas de borboletas
multicores, lindas prometendo
promessas, não vãs!..

Promessas de amor,
promessas de vida,
de flores, de sol,
de calor, de sentir a vida
refeita , amada e querida.

Eda Carneiro da Rocha
" Poeta Amor"
www.albumpoeticoeda.com.br

 

 
Poeta Amor
Enviado por Poeta Amor em 12/09/2006
Código do texto: T238673

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Poeta Amor
Araruama - Rio de Janeiro - Brasil, 81 anos
398 textos (14770 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:24)
Poeta Amor