Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

meu medo de amar.

Tens que saber que,
Estou aqui pra falar
Do meu amor pelo seu sábio andar
Seu precioso olhar
E a minha precisão de te amar

Quero que saiba que,
O meu coração te suplica
E a minha alma não me explica
Porque esse longo amor
E essa forte e dolorida dor
Que não quer acabar

Quero que saiba que
Não quero nunca me separar
E nunca quero sem você andar
Para me explicar, explicar e falar
A poesia que não sei recitar
A palavra que não sei decifrar
Que me machuca e prende nessa corrente

Essa corrente fria e gelada
De puro aço e ódio muito forte
Que meu amor não consegue quebrar
E o meu sangue não consegue derreter
E que o meu corpo ficou neutro e mudo
Depois que soube que você não pode me querer

Oh o querer, se eu quisesse pelo menos viver
Se eu não tivesse mas medo de me apaixonar
Se você não tivesse me feito te amar
Com certeza eu teria vontade de viver.

Desculpe-me pelo que disse agora
Não foi sua a culpa do meu sofrer
Não foi você que me fez te querer
Fui eu...

Eu, meu próprio inimigo caindo na escuridão
Caindo em um poço fundo sem chão
Por que pra mim não sobrou seu coração
Por que sem você não estaria pisando neste chão
Mas por que você não me ensinou a te esquecer?

É culpa minha esse meu sofrer,
É culpa minha essa vida miserável
Que de todo esse sofrimento
Só me restou lembrar e sonhar com você
Você só me vem mesmo nos sonhos
Sonhos que quando acordo me dá vontade de dormir
Sonho que é mais um inocente do traiçoeiro coração
Que nos faz botar o pé no chão e diz:
Acorda é hora de trabalhar.

Tens que saber que escrevi esta carta
Por que não tenho mas coragem
De chegar a frente a sua garagem
E deixar uma mensagem
Com o desenho do meu coração em imagem
E deixo meu amigo levar
Por que só quero te ver, quando,
Souber que leu e ela te comoveu
Por que estou escrevendo neste final uma frase,
Simples e mas velha que o próprio mundo.

Que se usa em varias língua
Mas que tem sempre o mesmo significado
E que alguém sempre fica alucinado ao
Ouvir esta frase:
Eu te amo.
kkrefat
Enviado por kkrefat em 12/09/2006
Código do texto: T238909
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
kkrefat
Padre Bernardo - Goiás - Brasil, 24 anos
3 textos (188 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 02:45)
kkrefat