Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTOU SEMPRE NA CONTRAMÃO

MEU CORPO ESTÁ SOLTO NO ESPAÇO
NÃO SEI MAIS O QUE EU FAÇO
SE VIAJO
OU NAVEGO
ESTOU NESSA LUTA
QUERO PARTIR
OU CONTINUAR A FUGIR
DE MIM MESMO
ESTOU PERDIDO
ELAS MENTIRAM PARA MIM
NAS ESTRELAS
SÓ TEM ESPINHO
E A LUA NÃO ME DÁ
MAIS O MEU
MERECIDO CARINHO
FIQUEI ASSIM
PENSANDO MUITO
NESSE TORMENTO
SINTO UM CANSAÇO
QUANDO CAMINHO
BATO DE FRENTE NO MURO
O AMOR
É CULPADO
DE TUDO ISSO
FUI UM TOLO
EM ACREDITAR
QUE EXISTIA ESSA PAIXÃO
NÃO SAIO DESSA RUA
QUE É UM VERDADEIRO INFERNO
ESTOU SEMPRE NA CONTRAMÃO
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 14/09/2006
Reeditado em 14/09/2006
Código do texto: T239809
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460397 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 09:01)
Milton Nunes Fillho