Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VENTO

Vento traga os seus ciscos,
Suja meus olhos com a poeira
Faça-me barro outra vez
Limpa-me com sua sujeira,

Traga-me a brisa do amanhecer,
O orvalho das cinco e trinta da manhã,
Sopra em mim o calor do sol,
E refresca-me com as gotas da chuva.

Faça um arco-íris,
E vente as cores coloridas dos céus em meu rosto,
Deixa-me pegar sua calda e viajar contigo,
Venta nas minhas ventas,
Faça de mim, seu amigo.

Passa em minha janela e balance minhas cortinas,
Bata a porta sem se preocupar com o barulho,
Jogue os lençóis para cima, e deixe-os flutuando,
Faça um roda moinho e traga nele flores e o cheiro da lavanda,
Prepare tudo.

Após tudo pronto, traga-a num passeio nas nuvens,
E coloque-a sobre os lençóis azuis de meus acalentos,
Traga chuva e depois frio,
Esse é o clima que todo amante deseja.
Ah! Vento se você me ouvisse de verdade...


...E quando tocar nos lábios daquela que amo
Saberá que foi um beijo que mandei em silêncio.
Rafael José
Enviado por Rafael José em 16/09/2006
Reeditado em 11/02/2010
Código do texto: T241642
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rafael José
Iporá - Goiás - Brasil, 32 anos
50 textos (2378 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:51)
Rafael José