Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
O paradoxo da insônia

Você carece de uma língua
Que conheça teu corpo.
Isso é concreto...

A audácia da mesma te fará delirar
E tua alma se tornará uma pedinte
Implorando o castigo.
Isso é abstrato...

O desejo do sonho projetado
Que momentaneamente não foi realizado.
Isso é concreto...

O desejo na busca desenfreada
Pelo fruto proibido e consciente do pecado.
Isso é abstrato...

Um pensamento solitário e faminto
Mirando uma caça na noite quente de uma insana.
Isso é concreto...

Um sonho que teve a conivência de uma insônia.
Isso é abstrato...
Peça licença a insônia e durma um sono profundo.
Isso é concreto...

E o teu sonho atravessou o rio a nado
E no outro lado da margem contemplou a realidade.
Isso é concreto...
Que Felicidade!!!
Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 17/09/2006
Reeditado em 21/10/2008
Código do texto: T242199
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zedio Alvarez
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 59 anos
3324 textos (117343 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:22)
Zedio Alvarez