Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Presentes e ocultos

(Poesia inspirada nas leituras indianas e persas)

Me escondo onde não possas me alcançar,
onde meu adormecido coração pousa nas
negações de seus resgates e convites.

Mas minha solidão me força te perguntar
donde seu ocultamento busca insistentes
forças interessadas em meu despertar.

Se consolas as minhas dores, diminuis
o distante caminho com a proximidade
que o tempo sagrado jamais retardará?

"Na tua pupila a minha imagem,
em teus lábios a minha memória:
se moro em teu coração,
onde é que me ocultas?"*

Te escondes onde não posso te alcançar,
onde teu adormecido coração pousa nas
negações de meus resgates e convites.

Mas tua solidão te força me perguntar
donde meu ocultamento busca insistentes
forças interessadas em teu despertar.

Se consolo as tuas dores, diminuo
o distante caminho com a proximidade
que o tempo sagrado jamais retardará?

"Tua imagem no meu olho,
tua invocação na minha boca,
tua morada no meu coração:
De onde poderias estar ausente?"**

*Obs.: *a primeira quadra foi inspirada numa do místico sufi Al Hallaj; ** a segunda é dele, literalmente; só os tercetos são meus)
ErlKoenigKunstler
Enviado por ErlKoenigKunstler em 17/09/2006
Reeditado em 02/12/2006
Código do texto: T242540

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (João Carlos do Carmo Guimarães, www.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ErlKoenigKunstler
Santo André - São Paulo - Brasil
74 textos (3066 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 06:31)
ErlKoenigKunstler