Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Como diria Vinicius

Quisera ser o sonho que vela teu sono,
Quisera ser o pássaro que te desperta contente,
Quisera ser o sol que te aquece a alma...
No entanto sou apenas a vaga lembrança
Guardada em uma gaveta qualquer,
Emaranhada a tantas outras bugigangas...
E quem sabe um dia,
Vasculhando as gavetas do passado,
Você vai lembrar a doce inconseqüente inocência do meu amor!
“Que não seja imortal posto que é chama mas,
Que seja infinito enquanto dure!  “
Vivian Logullo
Enviado por Vivian Logullo em 17/09/2006
Código do texto: T242695

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Vivian Logullo (www.recantodasletras.com.br/autores/vivianlogullo)). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vivian Logullo
São Paulo - São Paulo - Brasil, 53 anos
148 textos (4838 leituras)
6 áudios (280 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 05:56)
Vivian Logullo