Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Essa saudade bandida

Tudo aos poucos vai passando
só não deixa de passar
essa saudade
que esta me sufocando


Parece que é por maldade
que ela não vai embora
essa saudade
não obedece a minha vontade


vira e mexe ela sempre aparece
me perturba dia e noite
essa saudade
por incrível que pareça me aquece


Eu não sei o que comigo acontece
só sei que aperta o peito
essa saudade
me confunde e me enlouquece


Não sei se é de amor ou paixão
mas sei que esse sentimento
essa saudade
me invade o coração


Me sinto tão sem saída
melhor eu admitir
essa saudade
esta me deixando perdida


Acho até que estou amando
que estou apaixonada
essa saudade
esta me encurralando


Saudade que aperta o peito
o que eu faço agora
essa saudade
não tem mais jeito


Vou deixar você estravazar
que me tome por inteira
essa saudade
vou curtir, vou namorar


Vem saudade...vem me tocar
me toca por dentro
essa saudade
devagarinho vai me beijar


Beija-me saudade bandida
abraça esse coração
essa saudade
não é saudade amiga


Seja como,quando e onde for
vou deixar-te me controlar
essa saudade
é a saudade do meu amor


Saudade pode se alojar
toma conta de vez
essa saudade
veio pra me ajudar


Veio pra me tirar a dor
dessa grande solidão
essa saudade
veio trazer o meu amor.






milizinha
Enviado por milizinha em 18/09/2006
Reeditado em 20/05/2011
Código do texto: T243278

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
milizinha
Rio do Sul - Santa Catarina - Brasil, 52 anos
637 textos (94446 leituras)
1 áudios (272 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 01:26)
milizinha