Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0814 - Posso um dia





Posso um dia prometer-te a alma,
quando for minha a que levou, um dia,
em uma bandeja azul igual o céu,
em silêncio como quem queria me amar.



Posso um dia compreender teus sonhos,
como soube um dia dos meus,
separar os desejos em pares,
até que mais nada sobre dos sentimentos.



Posso um dia ficar em silêncio,
não prometo para tão logo,
tenho muito que dizer do amor,
até quando não falo deste meu amor.



Posso um dia falar dos teus lábios,
loucos lábios que me fazem alucinar,
que estremece meus desejos antes de tudo,
pra depois me apresentar ao gozo pleno.



Posso um dia falar de ti, um dia,
mesmo assim não falarei de mim, nem do amor,
este, levou quando me beijou,
aquele mesmo que foi com a alma, um dia.



18/09/2006
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 18/09/2006
Código do texto: T243314
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116242 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 13:48)
Caio Lucas