Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOLIDÃO!




HÁ UM VAZIO EM MINHA ALMA
QUE INVADIU O MEU PEITO
DEIXANDO-ME TONTO
SEM RACIOCINAR DIREITO.
DIANTE A IMENSIDÃO DESTE VAZIO
O SOL SE ABRIU NO ESTIL
ATRAVANCANDO O MEU SER
E TRANSFORMANDO O MEU VIVER.
APUNHALOU-ME COM FORÇA
DESTRUINDO O MEU PENSAR
DILACERANDO O MEU CORAÇÃO
TRAZENDO A TAL SOLIDÃO.
SOU APENAS UM POETA
COM O SEMBLANTE DESFIGURADO
COM UM AMARGO NA ALMA...
...POR NÃO TER UM DESEJO REALIZADO.
ÉS QUE TAMANHA SOLIDÃO
QUE ME TIROU O SENTIDO
DEIXANDO O DESEJO COMPRIMIDO
DE UM AMOR MAL RESOLVIDO.
QUANDO ELA AQUI CHEGOU
APÓS A PARTIDA DO AMOR
RESOLVEU ASSUMIR
SOU A SOLIDÃO VOU TE CONSUMIR.
GIL SAN
Enviado por GIL SAN em 21/09/2006
Código do texto: T245326
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL SAN
Ilhéus - Bahia - Brasil, 32 anos
15 textos (987 leituras)
1 e-livros (33 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 02:02)
GIL SAN