Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

NÃO EXISTIRÁ ARREPENDIMENTO

UM DIA VOCÊ VAI CHORAR
DE SAUDADES
FOI UM PEDIDO DE ADEUS
NADA FICOU PARA TRÁS
SAÍ CAMINHANDO
SEM RUMO
FUI FALANDO COM DEUS
ELE ME DISSE
CALMA
FILHO
QUE ALGO DE BOM ESTOU
TE RESERVANDO
FOI ASSIM
A MINHA CAMINHADA
NESSA JORNADA
NÃO EXISTIRÁ ARREPENDIMENTO
E NEM LAMENTO
O MEU AMOR É MAIS FORTE
DO QUE O TEU PRÓPRIO ORGULHO
POR TER SIDO
TANTO MACHUCADO
SE DEIXEI MUITOS AMORES
NO PASSADO
NÃO EXISTE MAIS
NENHUM SEGREDO
BEIJEI MUITAS BOCAS
MAS A TUA
ERA CHEIA DE VENENO
POIS A VIDA SÓ TE TROUXE
O SAL
A MINHA BOCA
SEMPRE DESPEJEI
PALAVRAS DOCE
MAIS ADOCICADA
DO QUE O MEL
E O TEU AMOR
NÃO EXISTIA O FEL
NEM A FIDELIDADE
VOCÊ NÃO PASSA DE UMA
MERA CRIANÇA
NUNCA CHEGOU PERTO
DA PORTA DA FELICIDADE
POR ISSO
EU PARTO
ABRAÇADO
COM UM NOVO AMOR
SORRIDENTE E FELIZ
TUDO FOI APAGADO
O QUE RESTA PARA TI!
SONHAR
QUANDO ACORDAR
TERÁ QUE DELETAR
OS TEUS SONHOS
NÃO SOUBE VIVER A VIDA
NEM CONHECEU O AMOR
QUEM MENTE
SERÁ ENGANADA
E NUNCA SABERÁ
O QUE É AMAR
VIVE HOJE
TRISTE E MAGOADA
Milton Nunes Fillho
Enviado por Milton Nunes Fillho em 22/09/2006
Reeditado em 23/12/2012
Código do texto: T246236
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Milton Nunes Fillho
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil, 55 anos
1141 textos (460226 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:48)
Milton Nunes Fillho