Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PERDIDO

ínfima náusea cala minha mente
árido ar transpassa o por quê
dor que fere e não se sente
alma passiva por não ter você

encalacrado em lodo e lama
castigado pela luz da aurora
ardendo em fogo sem chama
de um sentimento vivido outrora

então como suspirar?
fazer entender a vida?
se não posso nem mesmo amar
sem ao menos limpar a ferida

cega-me e me deixe
cala-me e me jogue fora
e nunca mas se queixe
de não saber porque fui embora

a verdade eu também não entendo
penso e não consigo lembrar
em qual momento de seu sorriso eu vendo
perdidamente fui me apaixonar

Perdido
Perdido
imaturo e peculiar
Perdido
Perdido
pensei que já sabia amar

Perdido
Perdido
não sei como foi acontecer
Perdido
Perdido
agora só penso em você

Perdido
pois não compreendes meu pedido
Perdido
não me canso de perguntar
Perdido
Perdido
permita-me poder te amar!
MaxVc
Enviado por MaxVc em 22/09/2006
Código do texto: T246520
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MaxVc
Goiânia - Goiás - Brasil, 35 anos
75 textos (4215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 21:57)
MaxVc