Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SINA INACABADA

se diante do que se consta nos livros
entedesse a real destreza do ser
não seria poeta, motivo de risos
e sim conselheiro do belo querer

mas cumpra-se o que está escrito
sem valor ei-nos de permanecer
mesmo que seja meu nome maldito
sem isso não iria crescer

pois este é meu dilema e minha sina
tenho que aceitá-la com prazer
e não me entregar em qualquer esquina
e em meu destino deixar de crer

se não morro, enfado
e morro por assim estar
mesmo gritando ou calado
minha mente ainda vaga a pensar

que sina incabada ei de cumprir
com ou sem o abraço da amada
triste e sereno ou alegre a sorrir
minha cara é uma eterna fachada
do que escondo sobre o meu ruir

não peço socorro nem espero na fila
desafio o meu eu a abrir a cortina
embora ainda haja muito de argila
a água escorrida brilha e fascina

sou eu,
poeta fracassado
sonhador do que há de bom
de juras e promessas cansado
mas na esperança de ainda ouvir o som...

... amo você!
MaxVc
Enviado por MaxVc em 22/09/2006
Código do texto: T246522
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MaxVc
Goiânia - Goiás - Brasil, 35 anos
75 textos (4215 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 19:55)
MaxVc