Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A Procura do que...


Procuras a soberba
Procuras as riquezas do mundo
Só tenho as delícias do meu mundo para te dar
No meu mundo não há sofrimento
Há amor, não há lágrimas, medos nem receios.
Não há ócio, nem cobranças.
Parto para meu mundo liberto de rancores.
Posso entrar e sair dele quando quiser
Se quiseres pode entrar e provar

Procuras aventuras, procuro liberdade.
Gestos prontos não fazem parte do meu mundo
Não procuro lúxurias, riquezas, ouro nem prata.
Tenho tudo, tenho minha mente.
Minha liberdade de pensamento.
Essa ninguém pode retirar
Procuro na força do intelecto, talento néctar dos deuses

O uso do cerebral na sua maneira mais evolutiva
O que pricuras infelizmente não tenho para te dar
O que chamas de amor para mim
Não existe! É aprisionamento, é imperfeito!
Sentimento pobre, não amarras a ti!
Pela ignorancia e sim pelas virtudes.
Apenas ame e se deixe levar pelo mais nobre do sentimento
O Amor

Malu Freitas
Malu Freitas
Enviado por Malu Freitas em 25/09/2006
Código do texto: T248834

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Malu Freitas). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Malu Freitas
Salvador - Bahia - Brasil
57 textos (7082 leituras)
1 áudios (60 audições)
1 e-livros (68 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 10:36)
Malu Freitas