Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0825 - Sonhos loucos



 

 

Imagino amores em sonhos loucos,

todos de um viver antigo,

não mostrarei com palavras,

vou buscá-los onde estiver.

 

 

Falo-me do sentimento e acredito,

nada acontece ao acaso,

existem sonhos nos meus sonhos,

todas as horas só vêm depois.

 

 

Caminho sem companhia,

não sei por onde começar a viver,

neste sonho não estou dormindo,

sei do passado, não do hoje, nem do amanhã.

 

 

Quero viver como homem comum,

preciso do carinho que escrevi,

tenho ciúme até do meu sono,

então acordo e espanto a madrugada.

 

 

Não existe história nesta minha loucura,

quero acordar amanhã ou depois,

olhar um instante e ver o amor,

centrado, como o conheci noutra vida.

 

 

25/09/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 25/09/2006
Código do texto: T249044
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116245 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:52)
Caio Lucas