Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

À Vênus



Eu a leio em espaços imensos,
quando encontro o horizonte de seus versos
que nunca se perdem no vazio...
Sua beleza fulgura em meu céu,
encobre seu amor num transparente véu,
por seu brilho matinal ainda me guio...

Doce e amada musa de tantos momentos,
passo horas decifrando esses seus encantamentos...
Apaixonei-me por sua pureza enigmática,
suave poesia aromática...
intensos versos...
e uni versos...

Em outros céus jazem milhões de estrelas,
mas seu reluzir é intenso, brilhante e vivo.
continuo em sua rota, solitário, cativo...
fluindo emoções sem conseguir detê-las...

Gosta do que escrevo?
Invadi seu espaço?
Você me enche de desejo
e já não sei o que faço...
Íntimo do tempo,
aguardando uma nova visita,
o que não será surpresa,
vindo da estrela mais bonita!

Venha, deixe outro beijo...
Me diz se gostou,
ou se leu, ao menos...
Me inspira novos poemas,
minha musa, minha Vênus!


SATURNO
Enviado por SATURNO em 26/09/2006
Reeditado em 30/03/2013
Código do texto: T249786
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
SATURNO
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
650 textos (46910 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:08)
SATURNO