Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMAR DEMAIS

Há mar demais
entre nós.
Não há jangadas,
catamarãs,
barco algum que possa
levar minha vida até a tua.
Estou na ilha onde, náufrago,
fui parar
e tu estás no continente.
Entre nós,
paredes de ondas.

Mas sonho contigo.
Todas as noites persigo teu olhar
e te conto histórias
cheias de candura e sossego.
Sinto-me feliz
por amar demais.
Contudo, a vida
teima em ser um mar
com suas horas, seus dias,
suas exigências,
e, cansados, silenciamos.
Em meu silêncio insular,
sonho em querer alcançar
o continente onde estás.

As ondas são fortes,
tubarões, Cila e Caribde me vigiam,
procelas despencam subitamente:
como poderei te alcançar?
Resta-me te ver passar,
amar demais e permanecer
preso na ilha da timidez.



Francisco C
Enviado por Francisco C em 26/09/2006
Reeditado em 13/11/2006
Código do texto: T249793

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (www.franciscocampos.recantodasletras.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Francisco C
Porto Velho - Rondônia - Brasil, 48 anos
363 textos (25675 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 22:17)
Francisco C