Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Dizer dum amor...


Seu amor me envolveu como vento a lua!

Acendeu-me a alma pois andava escura,

Hoje cintila. Não há mais sombras na rua

Vivo além no amor. Pois sois a melhor ventura

Compartilhando meus dias , como  vela  e a falua,

Que navegam o mar do senso na aventura

Universando sol, o luar em nos se perpetua...

Minha alma enlevada diz que sim a ternura

Regalando ao ser uma outra lua mais que nua

que valsa nas nuvens macias faz sorri e augura!

No dizer minha alma a tua, "E sou o VENTO pra lua"

Pro astro rei a ventania que aloura e afigura

na reflexa noite onde minha alma uni-se a tua...

Nos lençóis prateados , diz -me o zéfiro versos a lua!

E o luar retribui com a vida colorindo estrelas na rua

Que enleada a candura, vianda sem  a amargura

Duma espera sombreada  por ansiar ser sua.

Por rever o passado assinalando a procura...

Dizer dum amor... A lua sua, amando a rua tua.



“A Poetisa dos Ventos”

Deth Haak

24/9/2006 


Saudações Poeticas aos Poetas e Poetisa vivos, que vivem como eu a poesia!
Boas vindas aos membros da associação dos poetas vivos e afins do RN.
Beijos poeticos morrendo do prazer a ROSAREGIS, a quem dedico o poema, e indico a leitura dos seus.
Deth Haak
Enviado por Deth Haak em 26/09/2006
Reeditado em 26/09/2006
Código do texto: T249875
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Deth Haak
Natal - Rio Grande do Norte - Brasil, 57 anos
547 textos (65365 leituras)
50 áudios (9718 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 20:33)
Deth Haak