Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESEJADO REFÚGIO










Minha alma foi conduzida

para ser agasalhada, no

pretenso conforto de seu regaço.



Ali posei, para a escultura

do tempo,também não

sei bem o porquê ou pra quê.



Quiçá, para fugir de

veredas desconhecidas, onde

encontrei espinhos camuflados só para me

ferir..



Mas, tenho atentado

nesse repouso,que em meus devaneios,

somente vejo flores mirradas

e campos vazios...





Altivez de meu coração,

creio que seja,

porém, ninguém pode dizer que o meu

hospedeiro, seja o ideal , afinal,

a felicidade não procede

do hábito...



E assim, como pluma,

e ao sabor do acaso,

prossigo na procura de

 meu tão desejado e sonhado refúgio.











Wil
Enviado por Wil em 27/09/2006
Código do texto: T250411
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wil
São Paulo - São Paulo - Brasil, 81 anos
2613 textos (84518 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 16:57)
Wil