Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GRITOS

G R I T O S

Da janela de meu quarto
Não consigo gritar, nem chorar
Se bem que gostaria,
Para espantar de vez esta agonia,
Que sinto com sua ausência.
Perguntas intercalam-se em minha mente,
E se perdem ao vento.
Vislumbro as estrelas,
Rasgando o firmamento
A lua despindo a escuridão,
E não chego a nenhuma conclusão,
Nem explicação, por não estarmos juntos,
Minha voz teima em não sair,
Mas o destino persiste,
Em enterrar meus gritos,
Gritos...de saudades de voce.

Fiz este poema para alguém super especial.
Obrigado a todos que leram.
Daniel C. Rebelo, é membro da Academia Jacarehyense de Letras.
Cadeira Nº 11
daniel de castro
Enviado por daniel de castro em 27/09/2006
Código do texto: T250881
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
daniel de castro
Jacareí - São Paulo - Brasil
51 textos (7415 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 22:03)
daniel de castro