Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

GARREI MINHA VIOLA

GARREI MINHA VIOLA
Marcial Salaverry
 
Garrei minha viola,
e comecei a pontiá...
Naquela minha morena,
comecei a pensá...
Num sabia qui era casada,
du jeito qui a marvada
garrô a mi zoiá...
Pensei di amô mi acabá...
Mai agora,
qui ela si foi imbora,
nada mai mi resta fazê...
Garro minha viola,
e nela vô minhas magoa chorá...
Pruquê logo pru ela fui mi paxoná...
Ela zoiô preu dum jeito meloso,
i mi dexô ieu todo dengoso...
Cando fui mi achegando,
ela foi si afastando,
prus lado du homi dela...
Só pude zoiá ela...
Vendo ela zoiá preu dum jeito gozadô,
judiando sem dó du meu amô...
Chora viola minha dô...
Marcial Salaverry
Enviado por Marcial Salaverry em 28/09/2006
Código do texto: T251449
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcial Salaverry
Santos - São Paulo - Brasil, 77 anos
19836 textos (1961229 leituras)
3 áudios (855 audições)
6 e-livros (2134 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 02:44)
Marcial Salaverry