Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Doce felicidade

Um dia desse eu te vi na rua a conversar,
Parecias-me tão feliz e sorridente...
Só faltou me chamar para do lado ficar,
Mas nada falei, fiquei de ciúmes doente.

Como um homem de caráter solene
Não queria dar o braço a torcer,
Mas vi que esse amor de repente,
Foi mais forte trazendo-me até você.

Quem não tem um grande amor não sabe o que fazer
Quando em sua impassibilidade de súbito cai
Afasta-se e na vastidão do deserto vai sobreviver...

Sem lembrar que é em vão de ciúmes se contorcer,
Sem pensar que, quando se ama de verdade o amor faz,
Corpo, alma e coração imergirem-se no mar de prazer...

R J Cardoso
Enviado por R J Cardoso em 29/09/2006
Reeditado em 29/09/2006
Código do texto: T252299
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
R J Cardoso
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
3128 textos (79546 leituras)
2 e-livros (393 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 15:58)
R J Cardoso