Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0833 - Preciso de você


 

 

Não gosto de me sentir inverno, não apaixonado,

preciso, preciso, é só o que sei dizer,

ouça minha voz no vento que passa por sua janela,

não olhe a lua, ela hoje não tem luz, nem eu você.

 

 

Hoje preciso de você, reencontrá-la,

quero a luz do sorriso, dos olhos,

os lábios perto, a respiração,

quem sabe ouve meu pensamento e vem.

 

 

É sonho quase tudo que sinto, menos meu amor,

a solidão passa lenta noite afora,

por isso preciso de você junto,

bem perto, quase dentro de tudo que sou.

 

 

Quero sair depressa daqui, quero liberdade,

tentar mudar para um mundo novo, pessoas novas,

seguir para  algum coração, que seja meu,

preciso ver o sol e aquecer, até me encontrar.

 

 

Tenho garras nos pés, estou preso ao chão,

não tenho nenhum sorriso, não hoje,

quero meu norte, o destino,

reencontrar o equilíbrio, quero me encontrar.

 

 

Preciso do amor que levou de mim,

não admito tanta distância,

sinto frio, quero calor, o corpo,

quem sabe com uma flor nos seus cabelos.

 

 

Voltarei mais um amanhã, outro dia virá até mim,

é assim que caminho minhas horas sem seu amor,

preciso me reencontrar, reencontrá-la mais uma vez,

hoje, para toda vida, preciso de mim, de você.

 

 

29/09/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 29/09/2006
Código do texto: T252337
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116241 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 08:02)
Caio Lucas