Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A um passo da felicidade I

Como te falaria das pegadas sangrentas
que choraram até cicatrizarem nos mares
de almos suspiros,se algumas são mortas
nos tentáculos bravios,vasos sem flores!

Tantos desejos, filhos que pari da ânsia
e embrulhei nas nuvens da mansuetude
para entregar com acariciante nostalgia,
dentro do abraço que meu peito explode!

O amor que vence desencontro e delírios
pôs-me cega e desnuda a tua busca, amor,
dei a minhas pegadas um cheiro de lírios,
floresceram ipês e rosais, puro esplendor!

Tudo em mim se guardou para te ofertar
desde quando mergulhei na tua presença,
dança sem véus nem pudores vou dançar
e a ti vou me dar; do amor sou sentença!

Tenho as gotas da lua, a prece dos anjos,
as brumas de Avalon, a voz dos bosques,
vergel d’encanto, a linguagem dos beijos,
Jardins do Éden e minh’alma em buquês!

Serei anunciada pelo vento veloz do tempo,
nomeado amável mensageiro dos meus ecos
e quando teu cabelo ventar, será meu corpo
amado meu,que vestirás com teus flancos!

Sempre teu, o corpo navegante do instinto,
sobrevivente de pulsares e tantos delírios,
beijafloreio teus lábios noturnos e te sinto
tão somente meu,sedando meus desvarios!

Amor meu, quero te andarejar, andarilhar,
conquistar ou reconquistar-te ainda desejo,
sentir-te me povoando de pasmos de amar.
Ser a única paixão no teu destino flamejo!

Santos-SP-01/10/2006

Inês Marucci
Enviado por Inês Marucci em 01/10/2006
Código do texto: T253460
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Inês Marucci
Santos - São Paulo - Brasil, 54 anos
584 textos (23416 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 16:31)
Inês Marucci