Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Maturidade Poética

Minha poesia as vezes é confundida
Por supostos erros de percurso sentimentais
Com a falta de uma percepção mal calculada
Minha inteligência tem dimensões continentais

O meu saber mora na minha memória
Não impondo limitações de como escrevo
Não impostando regras para o meu versejar
A minha versatilidade atende ao meu acervo

Nos labirintos do meu cérebro poético
Sigo o caminho orientado pela minha mente
As luzes dos vaga lumes não me deixam perdido
Prestando serviços relevantes ao meu destino

Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 01/10/2006
Reeditado em 22/10/2008
Código do texto: T253628
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zedio Alvarez
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 59 anos
3324 textos (117360 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:51)
Zedio Alvarez