Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto




Bilboquê 
Kate Weiss

Ah! lhe gosto tanto e tão docemente,
tanto, que meu coração nem sabe explicar porque,
hei menino, lhe amo assim tão carinhosamente
lhe amo assim, não tem como explicar e nem porquê.

Hei menino, lhe amo assim tão inocentemente,
tanto, que só Deus sabe como quê,
ah! querido, lhe gosto assim não acirradamente,
tanto, que me sinto uma menina com você.

Ah! amado meu, ajo como menina, assim... afoitamente,
tanto, que só meu corpo entende o porquê,
hei menino, sinto-lhe assim tão agradavelmente,
como se tu eu, fossemos um bilboquê.

psiu, menino, vem assim brincar comigo loucamente,
e nem precisa me dizer " de que "
vem, me leva ao céu voluptuosamente...
não diga nada, apenas deixa eu cavalgar você. 

****
Com som:
http://www.kateweiss.art.br/visualizar.php?idt=254826

Kate Weiss
Enviado por Kate Weiss em 02/10/2006
Reeditado em 12/06/2010
Código do texto: T254826
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Kate Weiss
Caxias do Sul - Rio Grande do Sul - Brasil
1240 textos (464490 leituras)
49 áudios (17375 audições)
167 e-livros (427385 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 16:02)
Kate Weiss

Site do Escritor