Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Quero Abrandar teu Fogo


Sim, minha amada, ouviste-me bem!
Depois de ter suportado as tuas tentações,
Após sentir teu cheiro e tuas provocações,
Sim, mulher-chama, ouviste-me bem!

Chega das desagradáveis formalidades,
Quero teu corpo e quero-te agora!
Rasgarei tua roupa, minha senhora,
Beijar-te-ei com uma imensa ferocidade.

Jogar-te-ei sobre a cama redonda de um motel,
Ora, dama, sei que gosta de homens dominadores,
Aqueles que impõem as ações dos fornicadores,
Tratando-te como uma devassa de um bordel.

Teu corpo será banhado por um saboroso mel,
O qual lamberei com um gigantesco prazer,
E promoverei gritos de prazer no teu ser,
Vais ver... Se eu não te levarei ao Céu.

Mulher fogosa, o nosso nome será luxúria!
E ficaremos hospedados por uma semana,
Até que teu fogo se abrande na clausura,
Sim, perderei as forças sobre teu corpo,
O mundo será esquecido na nossa penúmbra,
Enfim, após várias e várias sessões de coito,
Seremos uma massa de carne do mais puro prazer!




Todos os Direitos Reservados pelo Autor.
Fábio Pacheco
Enviado por Fábio Pacheco em 03/10/2006
Código do texto: T255387
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Fábio Pacheco
Recife - Pernambuco - Brasil
1095 textos (55933 leituras)
10 áudios (233 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 22:59)
Fábio Pacheco