Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0836 - Dou





 

Dou-te a luz,

o caminho,

a liberdade,

a boca e a canção.

 

 

Dou-te o abraço,

o beijo que adoça,

a mão que alcança,

a palavra que consola.

 

 

Dou-te o silêncio,

o sonho, o dia e o sol,

à noite e o amor,

no entremeio, a paixão.

 

 

Dou-te carinho,

a companhia,

as horas da minha vida,

o eterno que desconheço.

 

 

Dou-te o quente do corpo,

a sombra no verão,

no frio, o beijo,

e nenhuma jura.

 

 

Dou-te meu céu,

sem escolhas,

o que tenho

e que planejei pra ti.

 

 

Dou-te meu corpo,

minha casa de amor,

sem portas, sem trancas,

apenas eu e a paixão.

 

 

03/10/2006

Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 03/10/2006
Código do texto: T255510
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116244 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 08:50)
Caio Lucas