Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

VERDADES

VERDADES


Se eu pudesse
Te encontrar
E falar contigo

Te falaria o
Quanto estou
Indignada por
Teres simplesmente
Me deixado sem
Uma única palavra que
Pelo menos desatasse
Em mim, esse laço
Que me prende a você

Gostaria de falar
Olhando em teus olhos
O quanto me
Revolta ter que
Aceitar esse
Teu silêncio que
Fala tão alto em meus ouvidos

Queria um dia – apenas um dia –
Estar à tua frente pra poder
Dizer o quanto
Você foi covarde em
Simplesmente decidir me
Tirar da tua vida
Sem ao menos me avisar

Se eu pudesse te encontrar
Um dia
Te diria o
Quanto está sendo cruel -
Desumano até – jogando
Na lata do lixo
Todo esse amor
Que guardo aqui pra você

Te olharia nos olhos e te faria
Ver o quanto de dor ainda
Existe em meus olhos

Se eu tivesse
Uma chance de falar do
Quanto estou perdida
Por esse amor
Que você fez nascer –
E que faz questão de matar –
Te diria que não consigo
Mais encontrar
A mim mesma
Desde que te foste
Da minha vida

Te perguntaria por quê?

Por que me deixaste assim?

Porque decidiu me esquecer?

Porque o silêncio tenebroso?

Porque o abandono?

Porque não me dissestes “adeus”?

Porque mereci tua ausência?

Gritaria bem alto e claro
O quanto me machucas ainda

O quanto sinto tua falta
E diria o quanto te amo

Meu Deus!

Depois de tudo –
Diria que ainda te amo

E que ainda consigo
Sentir o que sentes

E que todas as noites –
Em espírito – estou contigo

Te busco todas as noites
Porque é a única forma
Que tenho de amenizar essa
Saudade que tem sangrado
Meu coração e deixado
Marcas em minha alma!!!

Se eu pudesse estar contigo
Te pediria pra ficar comigo e
Desistir de me esquecer

Diria pra você
Deixar acontecer e pra não
Ter medo porque o
Amor que a gente tem pra viver
É maior que qualquer coisa
Que há nesse mundo

Porque eu não vou encontrar
Nenhum homem como você

E tu não vais encontrar
nenhuma mulher como eu

Porque não há ninguém
Como você
E não há nenhuma como eu

Nunca o mundo veria um
Amor igual ao nosso

Eu só queria
Ter a chance de te olhar de perto
Uma vez que fosse
uma vez que fosse...


Zair Batalha
08/05/06

ZAIR BATALHA FERNANDES
Enviado por ZAIR BATALHA FERNANDES em 03/10/2006
Código do texto: T255583
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
ZAIR BATALHA FERNANDES
Ceilândia - Distrito Federal - Brasil, 52 anos
43 textos (2793 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 05/12/16 12:41)
ZAIR BATALHA FERNANDES