Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Flor de Amor

Você que vê
linda e finda a flor sem cor,
torna agora na terra eterna
a flor mais bela, a flor de amor,

pois eu, sandeu que sou só teu,
já vou pro céu do teu amor.

Senti em mim
a flor de amor nascer,
e quando quis você nos braços meus
contra meu peito te apertar,

corri sem mim, sem me prender,
fui ter à flor, o amor buscar.

Chorei, de amor a flor reguei,
e a jura pura foi te amar.


Rio, 22/05/1966
Aluizio Rezende
Enviado por Aluizio Rezende em 04/10/2006
Código do texto: T255764

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Aluizio Rezende
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
6596 textos (144462 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 02:18)