Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

“SEREI SÓ PRAZER”

Entregue a você,
não quero ser seria
lúcida e santa.
Serei insana,
devassa, vadia e profana.
E em apenas um dia
teremos lençol 
amarrotado,
pelas nossas fúrias
e loucuras de amor.
Será o nosso prazer
a se arremessar
pelo o horizonte.

Não quero você de terno,
gravata, cabelo penteado.
Quero você amarrotado
pelo o meu corpo.
Corpo esse que queima
e deseja o seu gozo
mais gostoso.
Sou sua,
e serei só prazer.

Meu amor.
Meu beija-flor!
A extrair o néctar
da flor do meu jardim.
Vem e seja o meu desejo
louco que acompanha-me,
e em segundos faremos
o mundo ser pequeno 
para nós dois.
Venha meu amor,
estou aqui.
Elliana Alves
Enviado por Elliana Alves em 04/10/2006
Reeditado em 04/04/2007
Código do texto: T255849

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor,cite o nome do autor e o link para a obra original,cite o nome do autor e o link para o site "www.sitedoautor.net"http://www.recantodasletras.com.br/autores/elianaalves). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Elliana Alves
Petrolina - Pernambuco - Brasil
485 textos (98285 leituras)
4 áudios (2961 audições)
11 e-livros (1025 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 17:58)
Elliana Alves