Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
Virtualidade cruel

Num ultimato, meu coração falou para mim
Que não agüenta mais viver na clandestinidade
O ilusionismo tomou conta da minha vida invisível
Amando uma mulher feita na virtualidade

Zedio Alvarez
Enviado por Zedio Alvarez em 04/10/2006
Reeditado em 23/10/2008
Código do texto: T255865
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Zedio Alvarez
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 59 anos
3324 textos (117333 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 18:47)
Zedio Alvarez