Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Codificação
Águida Hettwer


Acenam quimeras ao longe, campos floridos perfumam o ar,
Revestidos os trigais dourados balançam com o sussurrar,
Vento Minuano, desatino da alma descortino, atenuar,
Paragem dispersa á margem do rio, redundar.

Nas rédeas do tempo, máquina estagnada, diletante,
Retratos emoldurados, bilhetes sobre a mesa, recados...
No tear, novelos de emoções, enlace num breve instante,
Cândida melodia espanta fuligem dos livros rabiscados.

Soam ao vento os acordes de viola, nas mãos castanholas,
Os pés saem do chão, os lábios balbuciam o refrão,
Num presságio diante dos olhos, enredo das canções trêmulas,
Lâmina afiada palavras cortantes, na alma arrebatarão.

Coração codificado partilha de intimidade,
Recostar o peito em superfície plana, deleitar,
Por entre as veredas, som perdido no silêncio, vulnerabilidade,
Porta entre aberta, convite a entrar...


04.10.2006


Águida Hettwer
Enviado por Águida Hettwer em 04/10/2006
Código do texto: T256439

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre a autora
Águida Hettwer
Sapiranga - Rio Grande do Sul - Brasil, 42 anos
1258 textos (116383 leituras)
15 áudios (2138 audições)
6 e-livros (2257 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 04/12/16 16:53)
Águida Hettwer

Site do Escritor