Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Ensinamento do aprendiz

Digo de mim alma pobre enlouquecida
Que só agora é nobre, Apaixonada
Pois, profana, a vida sempre foi minha estrada
Agora ela é tua, vida nossa minha amada!

Me dê tua vida na mão
Que te coloco na palma com carinho
Do mesmo modo que te beijo
Tua vida a bom modo, encaminho

E nem que seja pra voltar atrás
E te deixar depois de amar
Mas vale a experiência da presença
Para depois o amor vociferar!

Corre, corre, minha querida
Que a chuva hoje chega cedo
Foge do frio nos meus braços
Afugenta qualquer medo

Pois, minha alma pobre se enobrece
A te amar profundamente
Cheira a amor teu seio seguro
A imagem do amor é um canto escuro!

Escuro, onde nada se vê, só escuridão
Onde as mãos e as mentes
Fazem do momento, compaixão
Se reconhecem, se repelem, se completam...

Não sei se da vida há mais o que viver
Se não ficarmos juntos:
Se eu não tiver você
O escuro responde ao amor em voz baixa...

Ouve, amor, um ensinamento do teu bem amado:
Um sonho só é bom enquanto é sonhado
Pois o tolo, sedento de conhecer o que não conhece,
Pode não encontrar naquilo o que realmente procura!

Como uma pessoa que nunca viu o mar
Pode, no momento, a ele almejar
Mas, quando o encontrar
Pode, se acostumar, se decepcionar.

Por isso,um sentimento fraco de amor
Pode, no futuro se converter em desgosto
Porém o sentimento forte
É resistente ao tempo, à ausência, à sorte.
Andrié Silva
Enviado por Andrié Silva em 05/10/2006
Código do texto: T257115

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Andrié Keller ( baadermeinhofblues@hotmail.com ) Brasil - http://www.recantodasletras.com.br/autores/andrie). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Andrié Silva
Salvador - Bahia - Brasil, 27 anos
912 textos (98485 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 04:26)
Andrié Silva